English | Español | Português | 中文 | Русский
Bem-vindo. Por favor criar uma conta de usuário ou login.

Esteves Group - The global die company

Download Products & Services Overview

Ferramentas de Extrusão

Features tools

Por muitos anos, o Grupo Esteves tem fornecido ferramentas de extrusão de diamante natural e carboneto de tungstênio à indústria de cabos.

O contínuo aperfeiçoamento do nosso processo de produção e as crescentes exigências dos nossos clientes, nos ajudaram a desenvolver produtos da mais alta qualidade.

Tecnologia de ponta em sinterização e precisão na concentricidade, dentro de 0,0025 mm / .0001”, dependendo do tipo e projeto da ferramenta, dão ao nosso produto o melhor desempenho na fabricação de cabos.

Como encomendar ferramentas de extrusão


Estrutura e materiais dos guia-fios e das fieiras de extrusão

O Grupo Esteves já identificou as áreas mais críticas do seu processo de fabricação. Se algumas das áreas mencionadas abaixo não estiverem bem definidas ou controladas, a qualidade do isolamento dos fios pode ser afetada.

 

Corpo

Um dos fatores mais importantes no processo de isolamento é a velocidade de produção. O Grupo Esteves está sempre usando materiais de alta resistência e homogêneos (aço especialmente tratado ou T/C de primeira classe) para facilitar o fluxo do isolamento. Os corpos são fornecidos com um alto nível de polimento.

Localização do inserto

A localização dos nossos insertos é sempre a mais próxima possível da borda (somente 0,7mm / .0273”) do final da ponta, mantendo uma distância mínima para evitar a quebra do inserto e garantir uma fieira perfeita para o fio.

Nenhum canto vivo

Isso é necessário para garantir um trançado suave e evitar a quebra do fio.

Concentricidade precisa

Esse é um dos parâmetros mais importantes. Ele garante que o fio fique perfeitamente centrado dentro do seu material de isolamento. Essa tolerância mínima (0,0025mm / .0001”) é uma das chaves da qualidade das nossas ferramentas.

Área de marcação

Área de marcação a laser de alta definição com diâmetro e outros detalhes importantes fornecidos pelo cliente (mediante encomenda do cliente).

 

Corpo

Para ferramental 4/6 o material recomendado é o carbeto maciço. Contudo, devido à fragilidade desse material, alguns clientes preferem corpo de aço inserto T/C. Para matrizes de extrusão maiores, o mais material comum é um corpo de aço inserto T/C.

Superfície interna polida

O perfeito polimento espelhado é uma das chaves para se obter um matriz de extrusão com funcionamento adequado.

Concentricidade

A tolerância de 0,005 mm (.0002”) fornece um isolamento final muito preciso.

Área de marcação

Área de marcação a laser de alta definição com diâmetro e outros detalhes importantes conforme o cliente (mediante encomenda do cliente).

 

Recomendações e vantagens

1. Uso de guia-fios (pontas) com inserto em diamante natural para diâmetros menores de 1,90 mm (.075”)
2. Pode-se obter uma melhor consistência do produto final para o cliente usando um inserto ND. A concentricidade do cabo é mantida por mais tempo porque o guia-fio está menos sujeito a desgaste.
3. A vida útil dos guia-fios com inserto de diamante natural é de 2-4 vezes maior do que com inserto de carboneto de tungstênio ou carboneto maciço (o preço não é nem o dobro).
4. Existem duas claras vantagens no uso de um inserto de diamante natural.

É mais barato e o tempo de retorno é menor. Comparado com as ferramentas T/C, pode-se obter uma economia no custo de ferramentas (por metro de revestimento) de 25 % em um menor período de tempo. A necessidade de ferramentas em estoque é menor porque a vida da ferramenta é maior.

Mais produção. Vida mais longa significa menor tempo de máquina ocioso, não há necessidade de trocar os conjuntos com a mesma freqüência do uso de insertos de carboneto de tungstênio.

5. A vida útil dos guia-fios com inserto de PCD é aproximadamente 6 vezes maior do que com inserto de carboneto de tungstênio. Insertos PCD somente operam com máquinas de trefilação-extrusão em linha reta e que sejam totalmente insoladas para evitar a “eletricidade estática”. Isso é muito difícil de se obter e por esse motivo, os insertos de PCD não são muito comuns e geralmente não são muito recomendados.
6. Como comprar a ferramenta mais adequada para as suas necessidades:
- A. Especifique o diâmetro do furo em mm / polegadas.
- B. Forneça um desenho preciso da ferramenta. Nós podemos fornecer desenhos padrão para conjuntos de ferramenta 2/6, 4/6, 12/16 e 14/20.
- C. Especifique o material a ser extrudado (PVC, PE, borracha, etc…)
- D. Especifique a matéria prima preferida (inserto ND, inserto T/C, inserto maciço, etc…). Se você não tem certeza, peça-nos uma recomendação.

 

Manutenção de ferramentas de extrusão

A manutenção e a limpeza adequada do ferramental economiza dinheiro e, portanto, deve ser uma prioridade.

Seguir as recomendações abaixo estenderá a vida útil da ferramenta e protegerá a ferramenta para uso futuro.

Recomendações para manutenção

1. Quando a produção pára por um período de tempo, sempre remova a ferramenta do cabeçote de extrusão (antes que o material de revestimento solidifique).
2. O procedimento correto para se remover a guia de extrusão do cabeçote de extrusão é cortar o fio deixando uma pequena parte dentro do guia-fio. Isso evitará que o material em fusão penetre no material da ferramenta.
3. Ao desmontar uma ferramenta do cabeçote de extrusão, NUNCA bata na ferramenta diretamente com um martelo ou material pesado. Use sempre um material macio (nylon, madeira, etc...). Sempre bata na ferramenta por trás da ferramenta, NUNCA pela frente (área do inserto). Use uma bandeja de segurança para guardar as ferramentas ao removê-las do cabeçote de extrusão.
4. Assim que o guia-fio estiver fora da máquina, puxe o fio para fora na direção da linha de extrusão.
5. Tente remover o material de isolamento da ferramenta enquanto ele ainda estiver quente e macio. Pode-se usar uma escova de arames, mas use a escova com cuidado. Evite deixar marcas no corpo da ferramenta.
6. Depois que o material de isolamento esfriar e endurecer, a solução pode ser aquecer a ferramenta em um forno com temperatura controlada (200º - 250º C). Nunca use um maçarico porque isso pode danificar seriamente a estrutura da ferramenta (montagem, solda, inserto, etc.)
7. Assim que material de isolamento for removido, limpe a ferramenta de extrusão em uma máquina de limpeza ultrasônica com água e fluido de limpeza.
8. Seque a ferramenta com cuidado, removendo todas os restos de água e cubra a ferramenta com óleo lubrificante.
9. Mantenha as ferramentas limpas e lubrificadas em um local seguro (caixa de madeira, tubos, etc…), para uso futuro.

 

Informações necessárias para cotação de uma ferramenta de extrusão bem projetada

Favor fornecer as seguintes informações:
• Diâmetro do furo em mm/polegadas e a quantidade requerida
• Desenho a ser fornecido pelo cliente
• Material a ser extrudado (pvc, pe, borracha, etc…)
• Material preferido para a ferramenta (se não houver nós sugeriremos o mais apropriado).


Tipos de guia-fios (pontas)

A. Corpo de aço inserto de diamante natural
B. Corpo de aço inserto de carbeto de tungstênio
C. Corpo de aço inserto de PCD (risco de centelhas devidas à eletricidade estática).
D. carboneto de tungstênio maciço
E. Aço temperado maciço ou ligas de aço especiais.


Tipos de fieiras de extrusão

A. 100% carboneto de tungstênio
B. Corpo de aço inserto de carboneto de tungstênio
C. Corpo de aço inserto de cerâmica
D. Aço temperado maciço ou ligas de aço especiais.

 

Em caso de dúvida, peça a nossa assistência para a escolha do material mais apropriado para a sua ferramenta de extrusão.

Caso não haja desenho da ferramenta disponível, envie-nos um guia-fio ou uma matriz de extrusão usada.

Como encomendar ferramentas de extrusão

 

Esteves Group fieiras SSCD - fieiras de diamante sintético monocristalino (orientado 111)
extrusion tools
Copyright © 2012 Diamond Tools Group. Todos os direitos reservados. · Termos de uso · Mapa do site · Contato